quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

a cara de bach


O Museu Bach de Eisenach divulgou hoje uma reconstrução digital do rosto de Bach (acima, ao lado do retrato pintado por Elias Haussmann em 1746, tido como o único para o qual o próprio compositor serviu de modelo). A responsável pela recriação foi a cientista alemã Caroline Wilkinson, que utilizou, segundo o museu, "uma série de técnicas forenses" - um busto está sendo criado e será o destaque de uma exposição chamada "Bach no Espelho da Medicina". E aí, o que acharam?

2 comentários:

Renato disse...

estas reconstituições me incomodam muito: Bach, Tutankâmom, "Luzia" , me dão a sensação de uma certa invasão de privacidade, de um descortinar de um segredo que se instalou com a morte e talvez não devesse ser desvelado; por outro lado, fico fascinado com os olhos, com o olhar que parece dar vida aos modelos.

De qualquer forma, é meio surpreendente tomar consciência de que Bach foi um homem comum, um rosto como os outros, desacralizado, que poderia muito bem ocupar anonimamente um lugar na multidão.

Akicage disse...

Attention!