quinta-feira, 20 de setembro de 2007

passarela

Não vi na cobertura dos jornais impressos, mas deu no Jornal Nacional. Segundo pesquisa do IBGE sobre a vida cultural brasileira, divulgada esta semana, o Brasil tem mais orquestras que escolas de samba – são 638 contra 632. Confesso que não tenho a menor idéia do que isso quer dizer. Ou mesmo se quer dizer alguma coisa...

3 comentários:

pedrita disse...

há tantas variantes. se são orquestras ativas, se seus músicos recebem remuneração. o mesmo para as escolas de samba. há muitos jornais no país e?? beijos, pedrita

Lauro Machado disse...

Quantas delas funcionam tão bem quanto as escolas de samba?

Simone Iwasso disse...

Escolas de samba são populares numa parte do Brasil, né? Rio, São Paulo (naquelas), um ou outro lugar do Sudeste e ainda olhe lá...O carnaval no País afora é feito de outras coisas, de grupos de rua, de tradições populares outras, de blocos, carros. Agora orquestra é orquestra onde for (independemente de verba, profissionalismo ou amadorismo).