segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

charles wuorinen no nyt

Charles Wuorinen, autor de uma versão operística de “Haroun”, livro de Salman Rushdie, encenada há dois anos no Teatro São Pedro, ganhou perfil na edição de ontem do "New York Times". Aparentemente, o compositor caiu nas graças do maestro James Levine, diretor do Metropolitan Opera, de Nova York, e da Sinfônica de Boston. O texto, assinado por Steve Smith, também trata da relação do maestro com a música contemporânea, mostrando quais são os seus eleitos em meio ao cenário da composição atual. Para ler, clique aqui.

Um comentário:

pedrita disse...

que ótimo, fazia tempo que não ouvia falar nesse compositor. descobri outro ótimo blog de ópera, de um autor português http://operapertutti.blogspot.com/ já comentei para ele sobre o seu blog. beijos, pedrita