terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

municipal anuncia primeiras óperas

Com o adiamento da reforma do Teatro Municipal de São Paulo, a programação de óperas, a princípio prevista apenas para o segundo semestre, vai começar já em abril no palco do teatro – que volta a receber também todas as séries de concertos que, anteriormente, por conta das obras, haviam sido deslocadas para o Auditório Ibirapuera, o Teatro Cultura Artística e o Auditório do Masp. Foram anunciados três títulos, duas novas produções e uma remontagem. São eles:

A Filha do Regimento, de Donizetti
Orquestra Sinfônica Municipal
José Maria Florêncio, regente
André Heller-Lopes, direção cênica
Rosana Lamosa, soprano
Flávio Leite, tenor
Manuel Álvarez, barítono
(21, 23, 25, 27 e 29 de abril)

O Chapéu de Palha de Florença, de Nino Rota
Orquestra Sinfônica Municipal
Henrique Morelenbaum, regente
João Malatian, remontagem
Edna D’Oliveira, soprano
Luciano Botelho, tenor
Regina Elena Mesquita, meio-soprano
(19, 21, 23, 25 e 27 de maio)

A Italiana em Argel, de Rossini
Orquestra Experimental de Repertório
Jamil Maluf, regente
Hugo Possolo, direção cênica
Luisa Francesconi, meio-soprano
Pepes do Valle, baixo
Andre Vidal, tenor
(23, 25, 27 e 29 de junho, 1º de julho)

2 comentários:

pedrita disse...

adorei chapéu de palha. sabe se o sebastião teixeira está no elenco? ele estava da outra vez. beijos, pedrita

joãosampaio disse...

oi, pedrita! também gostei muito da montagem do "Chapéu". Ela é simples mas eficiente e seu grande trunfo está no trabalho dos cantores. segundo o municipal, o elenco ainda não está todo definido - e o mesmo vale para os outros títulos anunciados. vamos ficar na torcida para que não apenas o sebastião, mas também o peppes do vale, o sandro cristopher e o rubens medina, repitam os papéis que fizeram na remontagem de 2003.