terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

ópera - 400 anos


Em 1607 estreava o "Orfeo" de Monteverdi. Portanto, 2007 é o ano do 400º aniversário da ópera. Quem já comemora é o suplemento cultural "Babelia", do jornal espanhol "El Pais", com um dossiê sobre o tema. Para começar a leitura, clique aqui - além do primeiro texto, você contra os links das outras matérias. Aliás, o Babelia é um suplemento no qual sempre vale dar uma olhada - e não só no que diz respeito às coisas da música. ps: a foto acima é de uma produção do Orfeo realizada na Bélgica.

2 comentários:

Lauro Machado disse...

"La Favola d'Orfeo", de Monteverdi, faz 400 anos. Ela é a primeira grande ópera da história, que se mantém em cartaz até hoje, e nela está a primeira grande melodia do gênero, daquelas que a gente ouve uma só vez e gruda na orelha para sempre: a fanfarra da abertura, que já foi até o prefixo da meteorologia na Rádio Eldorado. Mas lembremos que a ópera já era uma menina de dez anos de idade, quando Claudio Monteverdi realizou a proeza de escrever um dramma per musica que parece ter sido composto ontem. A primeira ópera foi escrita em 1597, por Jacopo Peri e Ottavio Rinuccini, chamava-se "Dafne", e dela temos apenas o libreto, pois a música se perdeu. Não se sabe exatamente o dia, mas ela foi cantada em Florença, durante o Carnaval de 1597 -- portanto, neste mês de fevereiro em que nós estamos. O que significa que temos dois motivos para comemorar. Um brinde, portanto, à eterna juventude dessa belíssima mulher de 400 anos, que vem resistindo bravamente a todos aqueles que já decretaram a sua morte. Aliás, gosto muito de uma frase do compositor americano William Bolcom: "Muita gente já disse que a ópera morreu e, engraçado, ela não está nem doente!" Happy Birthday!

pedrita disse...

mas esse blog está muito chic. não só o joão luiz coloca posts incríveis como tem comentário de nada menos que lauro machado coelho e ainda comentários quase posts de tão grandes. amei. curso intensivo de ópera. beijos, pedrita